sexta-feira, 8 de fevereiro de 2008

NA FARMÁCIA



Uma mulher entra numa farmácia e diz...


-Por favor, quero comprar arsénico.


O farmacêutico pergunta:- Qual a finalidade?


- Matar o meu marido.


- Mas, não posso vender isso para esse fim!


A mulher abre a mala e tira uma fotografia do marido na cama com a mulher do farmacêutico...

- Ah, não sabia que a senhora tinha receita!


&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&


O CHEQUE


A filha faz 18 anos e o pai está todo feliz por emitir o último cheque da pensão que paga à ex-mulher, pois pagava esta pensão há 17 anos.

Pede para a filha que ela retorne para lhe contar como ficou a cara da mãe ao dizer-lhe que é o último cheque que ela verá da parte dele.

A filha entrega o cheque à mãe e volta à casa do pai para lhe dar a resposta.

Diga filha, qual foi a reacção dela?

Ela mandou lhe dizer que você não é o meu pai.

3 comentários:

alguém por aí... disse...

passei para desejar uma excelente semana, por aqui!

ines disse...

ahahhha, o que já me ri!

bom dia

As Sombras de Fim do Dia disse...

A D O R E I !!!!

Por acaso já tinha notado que agora nas farmácias pedem receita para tudo, acho bem. é mais seguro, e dá para descontar no IRS.