terça-feira, 17 de junho de 2008




PENSO EM TI
Penso em ti
Na varanda dos meus sentidos
No patamar das emoções
Penso em ti
Na tua voz cintilante
Que nos meus tímpanos flutua
Como uma doce,
E suave melodia
Penso em ti
Nas palavras doces que me dizes
E adoças
O amargo do meu fel
Penso em ti
No doce carmim dos teus lábios
No cetim da tua pele
Na textura do teu corpo
No âmago do teu sentir
Onde mergulho, e me afogo Eternamente
[Mário Margaride]

Um comentário:

nanny disse...

Penso sempre em ti, amigo :-)

Beijinhos