sábado, 6 de junho de 2009

Obrigado

















        • Gostava que tudo fosse simples
          que ....
          teus olhos não me ferissem
          teus lábios não expusessem minhas feridas
          que ....
          as noites frias voltassem a aquecer
          não sei onde buscar forças
          simplesmente não sei
          sei que ...
          perco a pessoa que há em mim
          que nos atalhos criados embaraço-me mais e mais
          sei que...
          custa respirar ...
          não sei mais que fazer
          perco a esperança?
          Nãooooooo!
          Dilacerei o ser que dentro de mim existe
          se para isso necessário for
          cortarei os laços que me prendem para te encontrar
          abafarei os gemidos que proliferam
          Sempre que fecho meus olhos...
          imagino-me naquele presente em que foi já um passado
          nele vi ...
          Quão tolo fui
          inseguro era
          frágil sou....
          imagens brancas no escuro
          tempo de um tempo onde o aroma doce dum dia
          deixou seu exalo
















          perdido...
          na noite sem dias

          abrigo o abraço da dôr

          encolho-me no bafejar meu calor

          durmo sem os sonhos

          nas miragens das ilusões


          no vazio dos lençóis destapo meus desabafos


          no vazio da noite

          percorro vielas perdidas























          procurando encontrar o que perdi

          sabendo que....


        • nas trilhas da escuridão
          luzes me seguem...



        • iluminam

          acolhem e protegem

          Dedico este post a todos os meus AMIGOS que sempre me apoiaram nos maus momentos
          o meu Obrigado




        Este sêlo é vosso





        Nanny



        Inês
        Perdida
        Secreta

        2 comentários:

        maria inês disse...

        este post podia ter sido todo escrito por mim! O selo, encheu-me a alma e o coração! Muito obrigada! Xicoração grande

        simplesmente ...eu disse...

        Um beijinho enorme Maria Inês e obrigada eu